Artigos Informativos / ATENDIMENTO MÉDICO - CORONAVÍRUS

A infecção humana pelo COVID-19 é uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII), segundo anexo II do Regulamento Sanitário Internacional. Portanto, trata-se de um evento de saúde pública de notificação imediata.

A notificação imediata deve ser realizada pelo meio de comunicação mais rápido disponível, em até 24 horas a partir do conhecimento de caso que se enquadre na definição de suspeito, como determina a Portaria de Consolidação Nº 04, anexo V, capítulo I, seção I. 

Todos os casos devem ser registrados por serviços públicos e privados.

 

 

Identificou algum sintoma e suspeita ter contraído a Covid-19?

Ligue (43) 999632-2223 (>Clique Aqui<) ou procure o Centro Covid-19 que fica localizado atrás do Hospital Municipal Santo Antônio.

ATENDIMENTO DIARIAMENTE - 24 HORAS.

 

O que é coronavírus?

Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

 

Como o coronavírus (COVID-2019) é transmitido?

As investigações sobre as formas de transmissão do novo coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo. Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 2m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção.

É importante observar que a disseminação de pessoa para pessoa pode ocorrer de forma continuada.

Alguns vírus são altamente contagiosos (como sarampo), enquanto outros são menos. Ainda não está claro com que facilidade o novo coronavírus se espalha de pessoa para pessoa.

Apesar disso, a transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

• gotículas de saliva;

• espirro;

• tosse;

• catarro;

• contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;

• contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os coronavírus apresentam uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe.

O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

A transmissibilidade dos pacientes infectados por SARSCoV é em média de 7 dias após o início dos sintomas. No entanto, dados preliminares do Novo Coronavírus (SAR-CoV-2) sugerem que a transmissão possa ocorrer mesmo sem o aparecimento de sinais e sintomas. Até o momento, não há informações suficientes de quantos dias anteriores ao início dos sinais e sintomas uma pessoa infectada passa a transmitir o vírus.

 

Recomendações para prevenção e controle geral

• Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

• Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

• Etiqueta respiratória: cobrir a face com antebraço e/ou lenço quando espirrar e tossir;

• Evitar contato próximo com pessoas doentes;

• Ficar em casa quando estiver doente;

• Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

• Orientar a utilização de máscara cirúrgica simples para o caso suspeito, quando estiver em contato com outros familiares e/ou contatos próximos;

• Manter o local arejado e bem ventilado;

• Permanecer em isolamento domiciliar em quanto estiver como caso suspeito, evitando sair para realizar as rotinas como ir ao mercado;

• Se algum contato próximo apresentar sinais e sintomas, procurar atendimento ambulatorial e/ou hospitalar.